15 de junho de 2015

Sou algo, eu acho


Eu pessoa.

Eu animal.
Eu extraterrestre.
Eu.
E somente eu.
Que sou mais do que posso,
menos do que pretendia.
Suficiente e infinita.
Nas palavras egoístas
porque só conheço a mim.
Ou nem isso.
Quem sou eu além desse meu eu?


7 comentários:

  1. "Que sou mais do que posso, menos do que pretendia." FODA. Você arrasa, sem mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own' Lari... Sempre fico extremamente feliz em receber essas palavras de você, que é uma escritora de mãos cheias! =D

      Excluir
  2. uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuh giiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiirl

    ResponderExcluir
  3. Gente, posso dizer que sou completamente apaixonada pelos seus poemas/poesias/textos, VOCÊ? SUA LINDA! Eu A-M-E-I esse poema, me identifiquei bastante!

    http://doratona.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, flor *----* É tão motivante saber que existe alguém que gosta das minhas palavras confusas!

      Excluir

Pesquisar este blog