3 de março de 2015

Semanário de estudos: Equilíbrio


Êêêêh! Voltou a série de posts que ninguém tá nem aí, mas que um dia alguém se importará (Pois é, ainda tenho esperanças de que esses relatos e essas dicas um dia sirvam pra alguém). Mais de 5 (CINCOOOO) meses depois do último semanário. Nem posso mais dizer que é uma espécie de relato semanal, porque tá mais pra semestral haha' Ai Dios, chega de tanto "mais"


Semana #8: Equilíbrio

Pelo que eu vi, no meu último relato, eu estava quase enlouquecendo por não saber me sair bem nas minhas responsabilidades. Felizmente este mal já está curado, ao menos temporariamente. Desde muito antes eu havia feito uma descoberta chamada equilíbrio, mas só agora a apliquei na prática. Já ouvi dizer da boca de muitos sábios que o equilíbrio é a base de tudo, e adivinha... É mesmo! Não digo somente o equilíbrio de forma geral, como também o equilíbrio por partes.
Sacastes? Não né. Tudo bem, tô aqui pra explicar mesmo.

O equilíbrio é o conjunto de equilíbrios


Sabe-se que para se sair bem nos estudos, se leva em conta vários quesitos, e todos eles pregam o equilíbrio. Quer ver só? Se você se alimenta bem, dando ao seu corpo e mente a quantidade necessária de compostos orgânicos (vitaminas, proteínas, etc.), seu corpo (e mente) não terão do que reclamar, mas se você falta com qualquer um, se sentirá desconfortável com algo. Se você dorme em média 8 horas por dia, novamente não haverá motivo pra se cansar, mas se dorme pouco ou demais, terá sono o dia inteiro (mesmo que não consiga dormir). Ou seja, é com tudo equilibrado que se chega no equilíbrio propriamente dito. O equilíbrio geral.
Por isso é importante entender que a capacidade de absorção dos estudos não depende somente de quantas horas você fica estudando, e nem somente dos estudos. Antes  de tudo, depende de você, de seus equilíbrios.

Analise o que atrasa/impede o equilíbrio 



Como foi visto, o estudo é o equilíbrio geral, mas que depende de uma série de equilíbrios diários. Então se seus estudos, por mais duradouros e consistentes, não estão rendendo muito (ou quase nada), significa que uma coisinha boba pode estar te atrasando. Descobrir o que é e resolver pode ser muito mais eficiente do que se pensa.
É importante ressaltar também que não só as faltas de algo, mas também os exageros são antônimos do equilíbrio, que nada mais é do que a igualdade. Nem mesmo o estudo em exagero faz bem, por isso não extrapole, mas também não se acomode. O ideal em relação ao nosso cérebro (cérebro humano u.u) é cada dia mais ir explorando e expandindo os limites. Assim, quem sabe um dia chegamos a ser uns Eistein's.

Relato...

Tô colocando em prática tudo o que considero essencial para bons estudos. Principalmente os equilíbrios. Procuro comer igual as mães sempre sonham que seus filhos comam, durmo o necessário, pratico algum exercício físico no mínimo três vezes por semana, e claro, modero os meus lazeres. Outra coisa que ando fazendo e que considero ser de excelente efeito, é pesquisar mais sobre os meios universitários. Entro nos sites das próprias universidades, leio um pouco das notícias (que só devem ter importância para os universitários), tudo isso numa tentativa de já ir me acostumando com o meio. Não creio necessariamente que eu vá entrar para uma dessas (tentar eu tento), isso de me acostumar é só um modo de acabar com o medo pré-prova, com a mistificação, com a ansiedade e angústia que são capazes de por anos de estudos a perder. Não é fácil aniquilar estes sentimentos, no entanto a mistificação é.


Valeu pela paciência pimpolhada!
(imagens do Weheartit)

4 comentários:

  1. Achei bem interessante! Eu, por mim, teria ótimas rotinas de sono, se não fosse pela minha irmã - QUE É MAIS NOVA - e não me deixa dormir cedo...

    Novo post, vem conferir! http://blogvintageworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha' Uma das desvantagens de se ter irmão!
      Pena que eu desconheça

      Excluir
  2. Adorei seu blog, os textos são super criativos.
    Este post sobre equilibrio com certeza teria me ajudado bastante quando comecei a tentar entrar na faculdade, sempre fui meio desequilibrada nesses assuntos rs
    É bem certo o que disseste sobre todos os detalhes, corpo são, mente sã.
    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou ^-^ Mas essas dicas servem pra vida toda e não somente pro período estudantil.

      Excluir

Pesquisar este blog