24 de novembro de 2014

Tempo a perder


O tempo corre, o tempo corre, o tempo corre
Estou parada,
Também quero correr
O tempo corre, o tempo corre, o tempo corre
O que estou fazendo aqui?
O tempo continua a correr
O tempo corre, o tempo corre, o tempo corre
É a validade da vida
E a gente pensa que não morre
O tempo corre
E nem sempre vence a corrida
Cuidado! Foi tempo a perder

7 comentários:

  1. Esqueci de perguntar, aceita afiliação?

    ResponderExcluir
  2. É o comentário mais clichê que eu conheço, mas... reparou em como este ano voou? Sério. Voou. E isso me assusta. Nunca vou me acostumar totalmente com minha adolescência, mas gostaria de poder me acostumar com ela ao menos um pouquinho, antes que eu seja obrigada a entrar numa faculdade e enfrentar dilemas de uma fase que exigirá de mim mais responsabilidades...

    O tempo corre, o tempo corre, o tempo corre. E eu parada, abismada, amedrontada.

    Jeito Único

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Percebi, e me assustei tanto quanto você. Há alguns dias fiquei me perguntando: Aonde foram parar todos aqueles tresentos e tantos dias depois do ano novo passado??
      Aí me deu vontade de chorar, pq minha está escorrendo por minhas e eu continuo parada :D

      Excluir
  3. Apaixonada como esse pequeno texto pode se encaixar em diversas coisas! Bjbj

    http://dontrushintothings.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog