16 de janeiro de 2014

Estilo é sinônimo de coragem!


Nossa! Este título parece que veio da Capricho.
A maioria das pessoas hoje, acham que ter estilo é estar na moda, só que estilo não é se vestir bem, mas sim se vestir de uma maneira que se sinta bem. E este post foi criado para despertar a sua coragem (caso ela ainda não tenha despertado) e fazer com que você use e abuse (tá, já bastava o título do post) do seu gosto!
Vou contar um caso pra vocês...



Há poucos dias fui convidada a ir em um aniversário (de boa, uma festinha) e digamos que, com a roupa que fui eu poderia ser taxada de sem estilo, porque eu fui num contraste: usei duas peças que contrariam uma a outra. Não se preocupem, não usei uma peça estampada em onça e outra em zebra, na verdade, as peças que utilizei não eram tão diferentes assim, mas também não eram nada "na moda", ao menos não na do momento (já que a moda sempre muda). No início eu me senti desconfortável, mas depois passei a me sentir melhor... Depois de eu ter ouvido que eu estava estranha. Eu deveria me sentir mal? Porque sinceramente eu não me senti nem um pouquinho mal, ao contrário. Aquelas palavras soaram pra mim no sentido de que eu estava diferente e estar diferente pra mim é algo muito bom. E me senti melhor ainda quando eu olhei em volta e vi aquele bando de garotas vestidas com trajes dos quais eu tava enjoada de tanto ver (não nelas, pior, em outras pessoas). Quando não era a mesma peça, era a mesma cor (que estava em alta) ou a mesma estampa. E saber que eu estava contrariando e deixando minha própria essência me fez bem.


Talvez vocês olhando pensem "que 'disgraça' é essa?", talvez até eu pense isso daqui uns anos ou uns dias, mas de uma coisa eu sei: não me arrependo e não me arrependerei de ter contrariado aquela noite. Porque independente de eu estar ridícula ou não, eu estava bem.

E estes foram os primeiros passos para a minha libertação dos conceitos da sociedade... Agora é sua vez!
PS: As fotos foram tiradas na cozinha, foi o ambiente mais arrumado que achei (tinha a sala, só que é muito escura). E as fotos não saíram boas, não é nada fácil se "autofotografar".

2 comentários:

  1. Parabéns pela sua coragem. Muitas vezes não tenho coragem suficiente para vestir uma roupa diferente do normal.

    Tá rolando um sorteio de um livro lá no blog. Clica aqui para conferir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada nêga! Pois é, acho que a coragem vem do "não se importar", a partir do momento em que você deixa de se importar com a opinião alheia, você cria coragem.
      Corrigindo: diferente do comum.

      Excluir

Pesquisar este blog