29 de julho de 2013

Resenha: Querido John


Sinopse:
“Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre.
Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah...



A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.


O que eu achei:
Pela primeira vez, me surpreendi com um livro ao qual já havia assistido o filme e sabia da história (ao menos, achava que sabia). O livro "Querido John" é muito mais que o filme, na verdade eu diria que o filme é uma cópia mal-feita! O filme não tem nem metade do romantismo que o livro tem. Tá, agora vou parar de comparar os dois e vou descrever apenas o livro. Este, com certeza, está entre os melhores livros que já li. Durante algumas partes do livro achei que o amor de John e Savannah já não existia mais... Me enganei, ele só estava escondido. Às vezes a leitura parecia cansativa e chata (realmente) mas tive uma recompensa muito maior em outras partes. Comecei a me surpreender, na volta dele à Carolina do Norte, para o enterro de seu pai. De lá, ele parte meio que sem destino, mas tinha um: A cidade atual em que Savannah morava. O que mais me tocou foi a indecisão do personagem (John), quando ele citava que queria ver quem era o marido de Savannah, mas, ao mesmo tempo, desejava nunca ter que conhecê-lo. E isso foi o que me tocou, isso de sim e não: Ele não sabia pra onde ir, mas ia em direção à cidade de Savannah. Ele queria vê-la, mas sentia receio do que seus instintos pudessem fazer. Ele desejava estar perto dela, mas se sentia distante, etc...


Citações:

O amor deve trazer alegria, deve conceder paz. Mas aqui e agora, só provoca dor.

Mas... Por pior que tenha sido, aprendi algo sobre mim mesma. Que eu pude passar por algo assim e sobreviver, quer dizer... Eu sei que poderia ter sido pior, muito pior, mas para mim, era tudo o que eu poderia aguentar na época. E aprendi com essa experiência.



Autor: Nicholas Sparks
Páginas: 288

Editora: Novo conceito


2 comentários:

  1. Todos os livros são melhores que os filmes (contem mais detalhes e a historia é mais extensa) e Querido John é muito falado, deve ser realmente incrível.
    "Mas... Por pior que tenha sido, aprendi algo sobre mim mesma. Que eu pude passar por algo assim e sobreviver, quer dizer... Eu sei que poderia ter sido pior, muito pior, mas para mim, era tudo o que eu poderia aguentar na época. E aprendi com essa experiência." Oh Deus, que lindo *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente isto é fato! E por incrível que pareça, achei que com "Querido John" fosse diferente, achei que o flime fosse melhor (me iludi bunito kk).
      E com razão, "Querido john" é um livro excelente!
      Haha' vejo que muita gente se identificou com esta citação, inclusive tu kkkkk

      Excluir

Pesquisar este blog